quarta-feira, 27 de junho de 2012

entredentes 3


artur gomes - foto: Sanya Rohen


 olhei a cara do tempo

ela estava fechada

não me dizia nada

 

pensei as sagaraNAgens

que o tempo fazia comigo

peguei do tempo o umbigo

cortei na ponta da faca

e a tua cara de vaca

sangrei sem nenhum remorso

porque isso o tempo não tem

 

agora o tempo sorri

me mostra os dentes da boca

e a tua cara de louca

é a minha cara também

 

arturgomes

www.tvfulinaima.blogspot.com

 

Jura secreta 128

Sanya Rohen - foto: artur gomes

este rio claro que em mim deságua
vem lá das minas do teu ser profundo
quem dera eu fora o grande ser drummundo
outro rio eu faria com teus olhos d´água

arturgomes

metáfora

Sanya Rohen - fotos: artur gomes

a passageira da poltrona ao lado
observa a paisagem atentamente na janela
meus olhos focam o seu perfil na tela
meu dedo aciona o dispositivo do zoom
para ter a sua imagem mais de perto
o coração entende a sensação do seu olhar flertando a câmera
o sentido está aberto na viagem
onde a surpresa não tem planos
e a arte é puro acaso do que possa acontecer
na engenharia dos músculos que se movem
inconscientes onde poema houver
na miragem oculta numa manhã de sexta
depois de noite inteira de cerveja para perder o sono
sem saber que na poltrona ao lado
na luz desta miragem iria amanhecer

arturgomes

www.tvfulinaima.blogspot.com